Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Agrotins 2019 bate recorde e movimenta mais de 2,5 bilhões em negócios.

Agrotins 2019 bate recorde e movimenta mais de 2,5 bilhões em negócios.

por cmf publicado 29/05/2019 13h06, última modificação 29/05/2019 13h06
Com a movimentação financeira de R$ 2,588 bilhões, a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2019) aumentou o volume de negócios em 18% em relação à edição de 2018.
Agrotins 2019 bate recorde e movimenta mais de 2,5 bilhões em negócios.

Governador Mauro Carlesse.

Os resultados foram apresentados pelo governador Mauro Carlesse e o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura César Halum nesta segunda-feira, 27, em evento no Palácio Araguaia, para a imprensa, parceiros, autoridades e empresários do agronegócio que participaram da feira como expositores. A Agrotins aconteceu de 7 a 11 deste mês no Centro Agrotecnológico em Palmas.

De acordo com os resultados apresentados por César Halum, o volume de negócios deste ano foi altamente positivo. “A movimentação financeira alcançou o montante de R$ 2.588.129.330,00 (dois bilhões, 588 milhões, 129 mil, 330 reais, apresentando aumento de 18% se comparado com a Agrotins de 2018”, afirmou.

Ao especificar os resultados, o secretário comparou a comercialização das mais de 700 caminhonetes este ano com as 400 vendidas em 2018. O aumento ocorreu também na categoria caminhões, mais de 400 unidades foram comercializadas, já em 2018, foram 110. O volume de negócios favorável pode estar associado ao  público de 186 mil visitantes que visitaram a feira nos cinco dias.

O secretário avaliou positivamente a presença do governador  Mauro Carlesse na feira. “A presença do governador Mauro Carlesse nos cinco dias de feira mostrou que ele faz um governo comprometido com o setor produtivo, isso criou um novo entusiasmo, ” afirmou.

O governador Mauro Carlesse afirmou que a missão é melhorar a vida do produtor rural em todas as áreas. “Temos que ser mais práticos, mais rápidos, tudo no Estado é muito burocrático. Durante a Feira, entregamos mais de 40 mil títulos aos produtores, mas temos que ser rápidos, para dar condições a essas pessoas, precisamos melhorar e facilitar, só assim o empresário e o agricultor vão crescer”, destacou Carlesse.